Enfermagem

Monografias

Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é um requisito curricular necessário para a obtenção da graduação no Bacharelado em Enfermagem e tem por objetivos básicos o desenvolvimento do discente no que concerne à aplicação e desenvolvimento dos conceitos e práticas adquiridos durante o curso, propiciar aos alunos as condições e as orientações necessárias para o levantamento e planejamento de estudos e pesquisas sobre o tema a ser desenvolvido, e favorecer a reflexão das atividades realizadas na prática.

Os objetivos gerais do TCC são: propiciar aos alunos as condições e orientações necessárias para o levantamento e planejamento de estudos e pesquisas sobre o tema a ser desenvolvido para o encaminhamento do TCC; favorecer ao aluno a reflexão das atividades realizadas na prática, tanto dos estágios quanto da sala de aula, comparadas às teorias já existentes sobre o assunto; orientar em todo o andamento do trabalho, na redação final, com o propósito de auxiliar o aluno na preparação da apresentação final do trabalho.

Para proporcionar o desenvolvimento científico e metodológico de um TCC, no 7º Semestre do Curso de Bacharelado em Enfermagem será oferecida a disciplina de Metodologia Científica, onde serão apresentadas as normas e as técnicas para a elaboração do trabalho científico. O trabalho é estruturado em Artigo Científico de acordo com o modelo construído pelo colegiado do Curso. No 8º Semestre da Estrutura Curricular, consta a disciplina de Monografia no qual o aluno sob supervisão do orientador deverá ser acompanhado para a formatação do trabalho e desenvolvimento do conteúdo teórico e científico proposto no Plano de Pesquisa. O trabalho desenvolvido e orientado será entregue na forma de Artigo Científico e apresentado em sessão pública e avaliado por uma banca examinadora.

Estágio Curricular Supervisionado

Completando a formação do aluno, o curso também contempla o Estágio Supervisionado, sendo que o aluno deverá realizar 800 horas de estágio em instituições de saúde, onde possam desenvolver atividades relacionadas à prática assistencial em saúde, solidificando o seu aprendizado ou adquirindo novos conhecimentos em situação real de desempenho profissional.

Previsto para os dois últimos semestres letivos, ocorre nas diversas unidades hospitalares, asilos, pronto socorro, Programa Saúde da Família e unidades básicas de saúde, sob a coordenação e participação do docente. Além da finalidade acadêmica, este estágio constitui-se em oportunidade de aproximação entre a academia e os serviços assistenciais, ajudando na sua atualização e reorganização.

Atividades Complementares

Atividades Complementares visarão à formação integral do perfil do egresso, onde podemos ressaltar principalmente a capacidade de estudo independente, de responsabilidade social, pelo contato com o mercado de trabalho, contato com profissionais atuantes, experiência em ambientes de pesquisa, entre outros. Dessa forma, as Atividades Complementares de caráter científico, tecnológico e cultural, em forma teórica ou prática, que serão vivenciadas ao longo do curso têm por finalidade proporcionar o enriquecimento das experiências curriculares. Além disso, deverá ser estimulada como uma estratégia didática para garantir a interação teórico-prática.

Sendo assim, os alunos do Curso de Bacharelado em Enfermagem deverão cumprir carga horária mínima obrigatória de 100 horas em Atividades Complementares, que compreenderão: atividades de monitoria, de iniciação científica e de extensão, diretamente orientadas por membro do corpo docente da instituição, seminários, eventos científico-culturais, estudos curriculares, semanas de estudo, visitas técnicas, excursões didáticas e científicas, oficinas, simpósios, congressos, entre outras, de modo a propiciar vivências em algumas modalidades e experiências.