Filosofia - Estágio Curricular Supervisionado

O Estágio Supervisionado é realizado a partir do 3º Semestre do Curso, sendo que os alunos deverão cumprir 400 horas em escolas de ensino fundamental e médio, em 3 semestres. Excepcionalmente o aluno pode cumprir o estágio em período diferenciado de acordo com a sua disponibilidade, desde que mantida a quantidade de horas necessárias. O acompanhamento e avaliação do desenvolvimento do Estágio são realizados por professores orientadores.

O Estágio Supervisionado é realizado em séries finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio. Esta atividade é realizada em ambientes escolares que, ampliam e fortalecem atitudes éticas, conhecimentos e competências, conforme o previsto acima. Nessa perspectiva, o estágio assume uma direção vertical por relacionar-se a uma temática específica, mas também uma direção horizontal, visto que os diferentes focos do estágio devem permitir uma visão global de ambientes escolares.

O estágio supervisionado pressupõe atividades pedagógicas efetivadas em um ambiente institucional de trabalho, reconhecido por um sistema de ensino, que se concretiza na relação interinstitucional, estabelecida entre um profissional experiente e o aluno estagiário, com a mediação de um professor supervisor acadêmico. Deve proporcionar ao estagiário uma reflexão contextualizada, conferindo-lhe condições para que se forme como autor de sua prática, por meio da vivência institucional sistemática, intencional, norteada pelo projeto pedagógico da instituição formadora e da unidade campo de estágio.

São considerados também como eixos metodológicos do curso, o princípio educativo do trabalho concebido na indissociável relação teoria/prática e o princípio da construção histórica e interdisciplinar do conhecimento, desenvolvido através de atitudes investigativas e reflexivas da prática educacional, com vistas a dar à teoria sentido menos acadêmico e mais prático.

Tipos de Estágio

A Faculdade de Educação São Luís enfoca três tipos de estágio: observação, participação e regência.

O estágio de observação refere-se a uma prática que tem por objetivo fazer com que os alunos apreendam a realidade de sala de aula, no contexto da escola, examinando a relação professor-aluno, o papel do professor responsável pela sala, sua postura profissional, sua metodologia, os conteúdos trabalhados, o comportamento dos alunos, entre outras questões. Através do registro das aulas e do registro do movimento da escola, o estagiário terá uma excelente fonte de coleta de dados, contribuindo para a relação teoria e prática e, consequentemente, para o desenvolvimento de sua formação profissional.

O estágio de participação refere-se ao acompanhamento e ao auxílio do estagiário no desenvolvimento tanto do planejamento quanto dos conteúdos e métodos trabalhados na sala de aula. Nesse sentido, a contribuição do estagiário vai no sentido de auxiliar alunos com dificuldades de aprendizagem, auxiliar em dinâmicas de grupo, reuniões de pais, estudos, aulas de reforço; atividades intra e extra-escolares, entre outras. O estagiário deve ser visto enquanto um colaborador na sala de aula.

O estágio de regência refere-se à realização de uma ou mais aulas ministradas pelo próprio estagiário na sala em que realiza o estágio. Neste sentido, essa regência deve ser preparada, acompanhada e avaliada pelo professor responsável pela sala de aula. O aluno deverá selecionar conteúdos, desenvolver o planejamento, levantar materiais e recursos necessários para a execução, ministrar o conteúdo e fazer uma avaliação da atividade proposta.

A Instituição oferece aos alunos um manual, preparado pela Coordenação Geral de Estágios das Licenciaturas, que orienta os alunos a respeito dos convênios, formas de apresentação e todos os aspectos referentes à execução do estágio.

Para Baixar

Orientações Iniciais Estágio

Modelo - Relatório de Estágio

Declaração - Estagiário em Projetos

Declaração - Estagiário Remunerado

Declaração - Estagiário - Escola da família